sábado, 29 de janeiro de 2011

" A carta da Cinderela"


Meu querido príncipe,

Como foram maravilhosas essas três noites que tive a alegria de estar presente nos bailes em seu castelo.

Gostaria que soubesse que me senti a mulher mais feliz do mundo por ter tido o privilégio de ser escolhida para ser seu par nesses dias.

O tempo todo em que estive em seus braços dançando naquele deslumbrante salão sentindo o seu olhar  fez desabrochar o amor em meu coração pela primeira vez em minha vida. O calor de suas mãos me tocando e me abraçando a noite inteira me levou a sentir dançando nas nuvens.

Sei que perdi os meus sapatos quando corria antes das doze badaladas e queria te confessar o motivo dessa minha fuga. Tudo o que admiraste em mim não era real, estava produzida unicamente para te encantar e também para que eu pudesse me libertar da minha madrasta e suas filhas.

Fiquei sabendo que mandastes para experimentar os meus sapatos em todas as jovens da cidade, mas com certeza em alguma servirá, mas se pensas que estarei lá esperando para ser a escolhida é melhor tirar essa esperança do seu coração porque já estarei bem longe.

Quero ser uma Cinderela que venha a conhecer novos lugares, que possa aprender coisas novas e estar preparada para fazer as suas próprias escolhas. Não quero ser uma Cinderela que só porque conheceu alguém e sentiu o que é o amor esqueça tudo e me case para viver uma vida dentro de um castelo.

Sonho em ser uma mulher independente  com seus  valores e princípios, mas ser uma Princesa não está naquilo que pretendo para minha vida.

Quero ser uma pessoa simples vivendo feliz em algum lugar e podendo ajudar ao próximo e viver uma vida com dignidade conquistada com meu suor e trabalho.

Com todo o meu amor e admiração

A Cinderela

RSantos
7a. Edição Decodificando Cartas
Tema: Fuga
Mensagem secreta - Um dia posso voltar a te encontrar e  poderá ser diferente
2a. Edição Alternativa


Tema:sátira(ou paródia) sobre um conto de fadas
Imagem meme

Um comentário:

Juci Barros disse...

Wow! Adorei!

Beijos.