sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

" O BLOÍNQUÊS NA MINHA VIDA"


Existem momentos em nossas vidas que apesar de estarmos cheios de gente ao nosso lado se forma um vazio inexplicável. A minha vida seguia seu ritmo, mas faltava algo que eu mesma não sabia aonde buscar as respostas que precisava. Estava numa transformação de vida interior, cheia de dúvidas e inseguranças do que estaria por vir e do muito que ainda queria fazer e achava que já era tarde demais.

No trabalho conheci uma pessoa linda e maravilhosa que me levou a esse mundo espantoso da Blogosfera. Hoje somos amigas inseparáveis e posso dizer que é a filha que eu não tive. Com seus ensinamentos montei o meu primeiro blog onde comecei a rascunhar algumas postagens sobre assuntos diversos. Começaram a surgir os seguidores com seus comentários e com isso fui seguindo por outros caminhos, conhecendo blogs com assuntos desde os mais simples aos mais polêmicos.

Foi num dos passeios que cheguei a um blog de projeto que estava se iniciando e fiquei namorando as suas primeiras edições sem participar. O projeto apresentava uma imagem para que descrevesse através de um texto. Participei a primeira vez e depois a segunda até que visitando um dos blogs vencedores verifiquei que na aba lateral havia um logo do “Projeto Bloínquês” e lá fui eu conhecer.

Fiquei apaixonada a primeira vista e em 16 de abril de 2010 participei das Edições Visual e Conto / História e dali em diante o Bloínquês passou a fazer parte da minha vida.

Queria escrever com liberdade expondo meus sentimentos, fazendo fluir a minha imaginação sem precisar dos meus "eus", marcas e registros. Foi com o Bloínquês que nasceu a Rene Santos, um nome artístico que já deu um pouco o que falar, mas que continua presente tendo todo o carinho do projeto e dessa equipe de moderadoras que de vez em quando dão uns puxões de orelha, pois sou rainha em postar em cima da hora ou até depois.

Repito o que disse na carta que escrevi ao BLoínquês pelo aniversário de um ano de que estou  há quase uma gestação participando de suas edições que entre erros e acertos, tristezas e felicidades me fizeram aprender muito. Aprendi principalmente a não saber viver sem contracenar neste mundo da criatividade, da imaginação, do amor, da paixão e da magia de escrever.

Fazer críticas ao projeto eu não tenho porque para que possa fazê-las eu teria que ter motivos e conhecimento para tal.  Como benfeitoria gostaria de dizer que como o projeto se iniciou através da comunidade no Orkut muitas participações ficam esquecidas nos comentários do Blog o que deveria ter mais atenção.

Fora isso só tenho a dizer que amo estar aqui como participante e que cada semana mesmo com pouco tempo corro para  dar a minha presença. É meu hobbie favorito.

RSantos

42a. Edição Opinativa
Tema:


imagem da NET

Um comentário:

@juusep disse...

Por minhas parte, Rene, eu nunca esqueci de nenhum do blog rs.
Obrigada por fazer parte deste sonho <3