domingo, 30 de maio de 2010

" Minha Cidade Maravilhosa"


Falar da minha cidade é falar de boca cheia de orgulho de ser carioca da gema. Nasci nesta Cidade Maravilhosa no bairro de Copacabana curtindo a praia e toda a beleza desse mar, do cheiro de marizia. Passear no calçadão e poder apreciar o por do sol e, quantas vezes, após passar uma noite num piano bar, ou numa danceteria, já cansada de dançar, ir ver o sol nascer nos braços do meu amor.


O Rio de Janeiro é o principal destino turístico brasileiro, recebendo muitos turistas estrangeiros e brasileiros, todos os anos. A cidade maravilhosa mistura serra com mar e possui uma das mais variadas geografias do planeta. É a inspiração para os poetas que sentem e ficam admirados por tanta beleza – quem visita a Cidade Maravilhosa fica apaixonado. Possui a maior floresta urbana do mundo, a Floresta da Tijuca, que recorta a cidade e se insinua como um belo corpo de mulher banhado por praias acolhedoras. Além da exuberante natureza, o Rio é a capital cultural do país com espetáculos de todas as formas e maneiras, muitos gratuitos, durante todos os dias do ano.

i

Falar de um ponto marcante para mim é falar da Zona Sul, dos Bailes no Hotel Glória, de pular o carnaval curtindo os blocos, passar a virada do Ano na praia de Copacabana, vendo os fogos se espalhando pelo céu nas mais variadas cores e se misturando as estrelas. Foi numa passagem de Ano Novo que comecei a namorar o amor da minha vida – essa data e todos os detalhes estão marcados na minha memória para sempre.

Para dizer coisas boas e únicas da minha cidade onde algumas já citei anteriormente, não posso deixar de citar algumas que acho importantes.
O Cristo Redentor eleito a  sétima maravilha do Mundo localizado no topo de uma montanha, no Corcovado, é um dos lugares mais visitados.
O Bondinho do Pão de Açúcar lindo por sua forma de ogiva, pela localização privilegiada, pela presença na história da cidade, é um marco natural, histórico e turístico da cidade do Rio de Janeiro.


O Parque Nacional da Tijuca que oferece, devido à sua altitude e localização, uma coleção de mirantes de onde se pode admirar a cidade.Além de poder ver toda a orla, o Corcovado, o maracanã,  lá também estão a Vista Chinesa, o Mirante Dona Marta e a Floresta da Tijuca, de onde é possível partir para diversas trilhas que levam a morros e picos de acesso mais difícil. Pode se avistar além da Baixada de Jacarepaguá, da Tijuca, da Zona Norte e de Niterói, numa linha de horizonte que se confunde com o relevo do Dedo de Deus, localizado em Teresópolis.


O Centro do Rio de Janeiro onde podemos ver o Teatro Municipal, palco de grandes espetáculos, o Centro Cultural do Banco do Brasil, a Praça XV com suas barcas que levam a cidades de Niterói e  Paquetá. Os Arcos da Lapa com seus bares e discotecas sendo um dos pontos mais frequentados da noite carioca. Ainda no Centro encontramos além dos executivos, trabalhadores, comerciantes que ficam concentrados no Saara  , camelos e tudo vai num  ritmo acelerado.


Tem tudo isso e muito mais e ficaria aqui continuando a escrever por mais algum tempo. Procurei mostrar um lado mais suave e atraente do Rio, tão sofrido com a violência, a criminalidade que levam uma má imagem para o mundo lá fora. Em virtude disso temos pontos que não aconselhamos a passar em frente como em entrada de morros e favelas onde  tristemente  reside o império do tráfico, das drogas , a vergonha à mão armada.

Rene Santos 
32a. Edição - Tema "Minha Cidade"
(Imagens e pesquisas retiradas do Google)

Nenhum comentário: