terça-feira, 22 de junho de 2010

"Que seja doce essa noite."



Olho o céu iluminado pelas estrelas
e a lua cheia com sua magia
encantos e amor para elas  
trará ao coração alegria.

É tão grande essa beleza
que se não fosse ela
não haveria rosto que sorrisse
e coração que não sentisse.

Como não admirar coisas tão belas
de tanto que as vivia
e num encontro à luz de velas
a paixão me  consumia.

Quantas lembranças existem

de amores passados 
corações apaixonados
a este espetáculo não resistem.

Aos beijos ardentes
como luzes cadentes
com o tempo arestas os separam
e a beleza deste brilho se apagam.

Que seja doce essa noite 
que da leitura me tirou
e ao pensamento me levou
lembranças de um grande amor.

********************************
Escrever este poema foi fácil colocar os meus sentimentos, mas o que levei mais tempo foi dar harmonia e sentido ao poema, colocando as rimas de forma a dar leveza aos versos. Espero que gostem. Beijos
Rene Santos

49a. Edição - OUAT
(Imagens retiradas da NET)

Nenhum comentário: