sexta-feira, 9 de julho de 2010

"Dunga confessa que não levar Neymar foi um erro"


Dunga, após a eliminação do Brasil da Copa 2010 e vendo a falta de opções para superar o vexame da derrota declarou que falhou em não ter convocado Neymar. 
O ex-volante se mostrou sensibilizado ao lembrar das atuações de gala do camisa 7 santista e declarou a impressa com grande tristeza:
 
“Pensei em não haver possibilidade de surpresas. Procurei fazer a convocação  em cima do meu trabalho de três anos e meio à frente da seleção. Neste período, chamei 80 jogadores e cada um teve a sua chance, a sua oportunidade. Quem conhece futebol sabe que não há possibilidade de surpresa. Normalmente quando há preparação, não há surpresa, mas essa não foi a realidade e aprendemos com os erros cometidos”, garantiu Dunga.
 
“Tomamos decisões em cima da atuação do jogador no momento, e não em cima daquilo que pensamos que ele pode jogar. Não posso prever o desempenho de cada um. E mais uma: hoje digo que  consideraria  a opinião da imprensa e, se necessário fosse, mudaria o time todo domingo”, concluiu.

Agora é tarde para arrependimento e o que resta é a seleção voltar para casa e procurar esquecer essa triste derrota e ter a esperança de em 2014 ter um técnico que possa ter uma visão melhor e tomar decisões mais acertadas.

Redator Rene Santos
5a. Edição Inventando Notícias

Esta notícia é fictícia
(Imagens e pesquisas retiradas da Net)

Nenhum comentário: